Principais Universidades do Rio Grande participam do fórum das comunidades

O presidente Sereno Chaise lembrou da importância da pesquisa para o desenvolvimento regional e conclamou os pesquisadores presentes a apresentarem projetos no edital que será lançado no inicio do próximo ano. O diretor administrativo, Sandro Oliveira, também estava presente.

 

No fórum, além de serem apresentados projetos em execução em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P&D+I),aconteceu o pré-lançamento dos temas dos editais de P&D+I para o próximo ano, em que a CGTEE estará contratando novos projetos, com recursos 100% da companhia.

A Eletrobras CGTEE como concessionária de energia elétrica realiza pesquisa e desenvolvimento regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica, o chamado “P&D ANEEL”. Neste novo momento, as chamadas de projetos de P&D+I serão através de editais públicos, para temas específicos de interesse da CGTEE, como relacionados com Geração Termelétrica, Fontes Alternativas de Geração de Energia Elétrica, Meio Ambiente e Materiais.

No evento foram realizadas  apresentações sobre o tema “Sustentabilidade na Eletrobras CGTEE” e explanação de projetos que estão sendo desenvolvidos em parceria com a FURG e com a UFRGS – “Biofixação de Gás Carbônico por Microalgas” e “Modelo, Prognóstico e Diagnóstico de Qualidade do Ar”, respectivamente
.

 

Confira os temas do edital 2014, previsto para ser lançado no primeiro trimestre de 2014:
  
TEMAS GERAIS
 
T01- Geração Termelétrica
1. Eficientização e diminuição da emissão de poluentes de usinas termelétricas a carvão
2. Gaseificação do carvão
3. Produção de hidrogênio através do carvão
4. Geração Termelétrica – subtema livre
 
T02 - Fontes alternativas de geração de energia elétrica
5. Pesquisa de fonte alternativa que possa ser combinada em paralelo com geração térmica a carvão
6. Tecnologias para aproveitamento de novos combustíveis em plantas geradoras
7. Fontes alternativas de geração de energia elétrica – subtema livre
 
T03 - Meio Ambiente
8. Tecnologias para aproveitamento de subprodutos da geração termelétrica a carvão
9. Impactos e restrições socioambientais de sistemas de energia elétrica
10. Tecnologias inovadoras em adequação ambiental
11. Meio Ambiente – subtema livre
 
T04 - Materiais
12. Pesquisa em produção de novos materiais para uso em geração termelétrica que permitam: redução de custos e/ou do impacto ambiental e/ou aperfeiçoamento do processo
 
TEMAS DE DEMANDAS INTERNAS
 
D01-2014
Título: Sistema Inteligente para a Depuração em Tempo Real das Variáveis do Processo de Usinas Térmicas e Prognóstico de Falhas em Caldeiras
Descrição Detalhada do Objetivo: Desenvolver uma ferramenta computacional capaz de realizar análise, diagnóstico e prognóstico de falhas na caldeira de uma usina térmica e gerar recomendações operacionais e de manutenção. Uniformização de procedimentos operacionais. Armazenar em meio digital o conhecimento dos operadores. A operação de uma usina térmica envolve o monitoramento e a análise periódica de várias
variáveis que podem ou não estar inter-relacionadas. Os operadores são responsáveis por controlar a dinâmica do processo, de modo que, a energia elétrica seja entregue nas condições estabelecidas em contrato, de forma segura e econômica. Um sistema computacional especializado surge como solução para a predição de diversos problemas que podem surgir durante o processo de geração de energia elétrica em uma usina térmica. Com as técnicas de inteligência computacional, é possível modelar o modo como as variáveis contínuas (pressão,  vazão, temperatura, etc.) e discretas se relacionam umas com as outras. Assim, pode-se avaliar o estado real da operação e prever condições anormais futuras com base na tendência histórica das variáveis, favorecendo a antecipação à falha, garantindo a continuidade da geração e evitando maiores danos patrimoniais.
Resultados Esperados:
- Sistema computacional para apoio à tomada de decisão por parte dos operadores de usinas
térmicas;
- Capacidade de prever condições de operação anormais da caldeira;
- Utilização da técnica de mineração de dados visando maior domínio sobre a dinâmica das variáveis que descrevem o processo da caldeira;
- Desenvolvimento de banco de dados contento o histórico de eventos que poderão ser utilizados para o gerenciamento das manutenções e em simuladores.
- Extração de conhecimento por meio de análise massiva de dados.
D02-2014
Título: Redução da Indisponibilidade causada pela erosão devido à alta abrasividade da cinza da UTE Candiota III (Fase C)
Descrição Detalhada do Objetivo: Desenvolvimento ou aprimoramento do processo de geração térmica de energia elétrica para redução da indisponibilidade na UTE Candiota III (Fase C) causada pela erosão devido à alta abrasividade da cinza. Com o objetivo de melhor entendimento do problema e definição da solução, deverá ser realizada a caracterização dos elementos abrasivos presentes no carvão da mina de Candiota e suas transformações até a queima do carvão e a geração de cinzas no processo presente na UTE Candiota II Fase B e na UTE Candiota III (Fase C)
 
Resultados Esperados: Aumento da disponibilidade da Usina de Candiota III (Fase C).
D03-2014
Título: Análise do Impacto Econômico da ampliação da oferta de Geração de Energia Elétrica
na Região da Campanha
Descrição Detalhada do Objetivo: Esta pesquisa pretende levantar o impacto econômico da implantação de novos empreendimentos de geração de energia elétrica na Região da Campanha do Rio Grande do Sul. Basicamente de três fontes de geração; termoelétrica a Carvão e a Biomassa e Geração Eólica. Deverão ser construídos três níveis de impacto dos empreendimentos: Impactos Indiretos, Impactos Diretos e Efeito-Renda. Um dos fatores econômicos mais importantes da Região é a geração de energia elétrica. Estas fontes embora, importantes para a matriz energética, ainda não estão consolidadas na região. Uma estimativa dos impactos diretos, indiretos e o efeito renda, destes investimentos, ainda não foi estudada para o setor, na região em questão. Portanto quantificar o impacto decorrente destes investimentos pode ser instrumento importante de alavancagem do desenvolvimento da região e de outros investimentos marginais associados a esta matriz. E acima de tudo estimular os setores, principalmente governamentais, da importância destas fontes para a região e a matriz energética nacional.
Resultados Esperados:
- Análise influência e potencial de crescimento de cada uma das fontes de geração (termoelétrica a carvão, biomassa e eólica) na economia da região;
- Simular os reflexos que a variação de uma atividade, em um determinado setor, tem em outro segmento com a inserção das fontes de geração (termoelétrica a carvão, biomassa e eólica).
D04-2014
Título: Sistema de Controle Patrimonial e de Manutenção com TAGs de RFID (Radio Frequência de Identificação) adequado ao ambiente com e sem exposição a agentes eletromagnéticos
Descrição Detalhada do Objetivo: Desenvolver etiquetas de radio frequência em ambientes com e sem interferência eletromagnética para comparação do desempenho e troca de informações com o fabricante com o objetivo de atingir otimização de funcionamento. Esta etiquetas identificadoras irão coletar informações para fins de controle patrimonial e poderão ser utilizadas em conjunto com a área de manutenção para registro de dados relativos aos  procedimentos de manutenção preventiva e corretiva. Esta pesquisa visa o desenvolvimento das etiquetas de RFID para aplicação nos ambientes da CGTEE e, também, o desenvolvimento de novos processos para controle patrimonial e de manutenção dos bens da Companhia.
Resultados Esperados: Desenvolver o processo de controle patrimonial e de manutenção e identificar etiquetas e leitoras de radio frequência de identificação que se mostrem adequadas ao uso em diferentes ambientes da empresa e principalmente aqueles em que ocorra exposição do material à agentes agressivos, tais como: interferência eletromagnética, agentes químicos, sol, calor, umidade, etc. Estas etiquetas deverão permitir o uso de leitoras para obter informações sobre a movimentação patrimonial e de manutenção do bem, tanto preventiva como corretiva.

Voltar